Confederação Palestina pede ao presidente do México reconhecimento da Palestina como estado

09/09/2022

Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador (Imagem: REUTERS/Henry Romero)

08 de setembro de 2022 – A Confederação Palestina da América Latina e do Caribe (COPLAC), publicou uma carta aberta dirigida ao presidente Andrés Manuel López Obrador, na qual pede ao presidente que reconheça a Palestina como um estado livre e independente.

Na referida carta de 3 de setembro de 2022, a COPLAC especifica que a petição se baseia no momento que o país mexicano vive, pois indica que o território está passando por um processo de mudança em favor do povo, o que se traduz em uma evidência de favorecendo os despossuídos.

Leia na íntegra a carta da COPLAC ao presidente do México

“Temos a grande honra de escrever a você, em nome das organizações comunitárias palestinas da América Latina e do Caribe agrupadas na COPLAC, Confederação Palestina da América Latina e do Caribe, a fim de solicitar respeitosamente a S.E. o reconhecimento da Palestina como um Estado livre e independente”, expressa o texto.

“Fundamos esta petição, em um momento em que nosso país irmão México está passando por um profundo processo de mudança em favor de seu povo sob sua liderança como Presidente, o que mostra uma marca consistente em favorecer os despossuídos, aqueles que sempre olharam de fora a festa dos outros sem nunca ser convidado para a mesa, os marginalizados e os que têm menos “, descreve a carta.

Da mesma forma, a COPLAC somou seu reconhecimento ao Presidente López Obrador por não ter comparecido à última Cúpula das Américas realizada nos Estados Unidos, pois, como descrevem, reafirmou seu comportamento de solidariedade com os países excluídos do referido evento.

“Mais aqui no tempo, a atitude de subtrair sua presença da última Cúpula das Américas realizada nos EUA, denunciando a exclusão de outros países, reafirma seu comportamento solidário. Poderíamos listar e mencionar muitos outros eventos que foram marcos no curso da política internacional do México; compassivo, solidário e respeitoso”, diz o documento.

Além do exposto, a Confederação Palestina da América Latina e do Caribe explica no texto que o território da Palestina sofre uma ocupação militar implacável e brutal nas mãos do Estado de Israel, que descrevem como uma condenação de um pária em sua própria terra; casas demolidas, prisioneiros, confisco de terras, prisão para crianças, desapropriação e exílio, são alguns exemplos que o texto relata.

Por fim, o documento assinado pelo presidente e secretário-geral da COPLAC, indica que a intenção não é falar do Estado de Israel, mas defender o direito da Palestina de ser um país “no concerto das nações”.

“Senhor presidente, como latino-americanos de origem palestina, pedimos respeitosamente que nos aproxime do sonho de justiça pelo qual lutamos há muito tempo”, conclui a carta ao presidente mexicano.

Fonte: julioastillero.com

Notícias em destaque

27/05/2024

Repórteres Sem Fronteiras apresenta terceira queixa ao TPI sobre crimes de guerra israelenses contra jornalistas em Gaza

Apresentada em 24 de Maio, três dias antes do nono aniversário da Resolução [...]

LER MATÉRIA
26/05/2024

A humanidade precisa parar “israel” como parou o nazismo: pelas armas

Os horrores testemunhados pela humanidade hoje, em Rafah, extremidade sul [...]

LER MATÉRIA
15/05/2024

Ato na Assembleia Legislativa de SP relembra 76 anos da Nakba denuncia genocídio na Palestina

Na segunda-feira à noite, mais de duzentas pessoas, dezenas delas [...]

LER MATÉRIA
11/04/2024

Caiado e Tarcísio em Israel: uma viagem muito estranha e sem respostas.

Uma viagem estranha, que teve por objetivo inicial prestar apoio e [...]

LER MATÉRIA
05/04/2024

Prefeitura de São Leopoldo reinaugura Praça Palestina.

Nesta terça-feira, 2 de abril, realizou-se a cerimônia de entrega da obra [...]

LER MATÉRIA
01/04/2024

Lula é agraciado com comenda Hanna Safieh de Direitos Humanos, um dos fundadores da FEPAL

O professor de origem palestina Hanna Safieh, um dos mais importantes [...]

LER MATÉRIA