ONG palestina de direitos humanos Al-Haq recebe prêmio internacional na Áustria

24/06/2022

Organização atua há mais de 40 anos na proteção e promoção dos direitos humanos e do estado de direito nos chamados Territórios Palestinos Ocupados (TPO)

A organização palestina de direitos humanos Al-Haq, sediada em Ramallah, sede administrativa do governo palestino, recebeu ontem o Prêmio Bruno Kreisky de Direitos Humanos 2022, um dos maiores reconhecimentos internacionais às organizações que se dedicam ao tema. Al-Haq foi selecionada por um júri independente de especialistas, que se reúne a cada dois anos para definir as organizações a serem reconhecidas e premiadas.

Estabelecido em 1976, para homenagear o legado e as realizações do falecido Ministro das Relações Exteriores da Áustria, Bruno Kreisky, o Prêmio de Direitos Humanos é concedido a cada dois anos a indivíduos, instituições e projetos de direitos humanos voltados para o desenvolvimento e proteção da ajuda humanitária internacional, ao mesmo tempo em que serve como um símbolo contra as restrições maciças dos direitos humanos.

Para a organização palestina, a premiação expressa o “reconhecimento oportuno e louvável do papel indispensável que as organizações da sociedade civil palestina desempenham na promoção e proteção dos direitos humanos do povo palestino e a estado de direito na Palestina”. Em seu comunicado, Al-Haq diz que o prêmio é também “uma expressão de solidariedade, especialmente à luz dos mais recentes ataques sem precedentes à sociedade civil palestina e às organizações de direitos humanos, e uma contribuição para o aprimoramento dos valores de direitos humanos compartilhados globalmente”.

O reconhecimento internacional, segundo Al-Haq, garante a continuidade da defesa dos direitos palestinos, incluindo o “direito à autodeterminação do povo palestino como um todo, documentando as violações dos direitos humanos” e para dar “fim à ocupação prolongada de Israel, ao regime de apartheid e à impunidade prevalecente por crimes de guerra e crimes contra a humanidade”.

Munir Nuseibah, conselheiro que representou Al-Haq na cerimônia de premiação, afirmou que “no contexto de escassa lacuna que os defensores e organizações de direitos humanos enfrentam na Palestina, a Fundação Bruno Kreisky demonstrou que as vozes da justiça não podem ser silenciadas e que indivíduos e grupos que lutam pela causa dos direitos humanos encontrarão apoiadores, apesar de todos os desafios enfrentados”.

A cerimônia de premiação foi realizada em Viena e sua entrega a Al-Haq foi feita por Elias Khoury, importante intelectual libanês que analisa a questão palestina há décadas e tem inúmeras publicação a respeito do tema.

Em reconhecimento ao seu trabalho, Al-Haq já havia recebido o Prêmio Memorial Fayez A. Sayegh, o Prêmio Rothko Chapel por Compromisso com a Verdade e a Liberdade, o Prêmio Fundação Carter-Menil de Direitos Humanos, o Prêmio Geuzenpenning para Defensores de Direitos Humanos, o Prêmio Bem-Estar Association’s NGO Achievement Award, The Danish PL Foundation Human Rights Award, o Human Rights Prize da República Francesa, o Human Rights and Business Award e o Gwynne Skinner Human Rights Award.

Conheça Al-Haq

Al-Haq é uma organização não governamental palestina de direitos humanos com sede em Ramallah, Cisjordânia. Estabelecida em 1979 para proteger e promover os direitos humanos e o estado de direito nos chamados Territórios Palestinos Ocupados (TPO), a organização tem status consultivo especial junto ao Conselho Econômico e Social da ONU. Al-Haq documenta violações dos direitos individuais e coletivos dos palestinos nos TPO, independentemente da identidade do perpetrador, e busca acabar com tais violações por meio de advocacia junto a instâncias e mecanismos nacionais e internacionais para a responsabilização dos infratores.

Notícias em destaque

21/07/2022

RS terá dia e mês da Comunidade Árabe

O que já é uma data no calendário nacional – a Lei Federal nº 11764/08 [...]

LER MATÉRIA
07/07/2022

Sessão Solene na Câmara dos Deputados lembra os 74 anos da catástrofe palestina

Em sessão solene realizada ontem, quarta-feira, às 11 horas, a Câmara dos [...]

LER MATÉRIA
05/07/2022

O ressurgimento da esquerda na América Latina desperta esperanças de solidariedade à Palestina

Em profundidade: Nos últimos anos, muitos países da América Latina evitaram [...]

LER MATÉRIA
27/06/2022

ONG palestina denuncia Israel por tortura sistemática aos prisioneiros palestinos

A Iniciativa Palestina para a Promoção do Diálogo Global e a Democracia [...]

LER MATÉRIA
24/06/2022

ONG palestina de direitos humanos Al-Haq recebe prêmio internacional na Áustria

A organização palestina de direitos humanos Al-Haq, sediada em Ramallah, [...]

LER MATÉRIA
15/06/2022

FEPAL discute Questão Palestina com Guilherme Boulos

A vice-presidente da Federação Árabe Palestina do Brasil – FEPAL, [...]

LER MATÉRIA