FEPAL recebe material histórico para seu Projeto Memória Palestina no Brasil

17/03/2022

Elayyan entregou quadros que contam a história da FEPAL e do movimento palestino

O ex-presidente da Federação Árabe Palestina do Brasil (FEPAL), Elayyan Aladdin, repassou centenas de documentos históricos da entidade que mantinha sob sua guarda. A entrega foi feita ontem, em Novo Hamburgo (RS), ao atual presidente da FEPAL, Ualid Rabah, que está no estado em visita às comunidades do interior e da grande Porto Alegre

São documentos que contam a história de congressos e outros encontros da FEPAL, fóruns sociais mundiais e outros eventos de que a entidade tomou parte, cartas, ofícios, livros, vídeos, cartazes, fotos, além de quadros e gravuras. A maior parte diz respeito ao período em que Aladdin presidiu a FEPAL, mas há documentos de períodos anteriores.

Para Rabah, a reunião do material histórico permitirá que “seja organizada e disponibilizada à comunidade palestina, aos pesquisadores e às gerações futuras a história do movimento palestino no Brasil, assim como da FEPAL, de suas entidades de base, das sociedades, de suas lideranças comunitárias e políticas”.

Os documentos arrecadados junto ao ex-presidente se somam a outros centenas já repassados à FEPAL por Ali El-Katib e Emir Mourad, militantes e dirigentes históricos da Juventude Palestina Sanaúd, inclusive como seus principais fundadores e organizadores, da FEPAL, praticamente desde sua fundação, há mais de 40 anos, e da Confederação Palestina Latinoamericana e do Caribe (COPLAC), que também fundaram e dirigiram.

Este material histórico está sendo reunido e organizado no bojo do projeto Memória Palestina no Brasil, uma iniciativa da atual gestão da FEPAL, que tem por objetivo o resgate histórico de tudo que diga respeito à Palestina no Brasil, tornar este material acessível a todos que queiram tomar contato com ele, seja para conhecimento, seja para pesquisas.

“Na prática, a ideia é termos no Brasil um museu desta história toda e um grande banco de dados, uma espécie de biblioteca, que dará a todos a oportunidade de tomarem contato com a história tanto do movimento palestino e suas entidades, organizações e movimento, quanto das comunidades, da sua imigração, suas lideranças e personalidades”, explica Rabah.

Rabah destaca que neste trabalha está sendo reunido também valioso material sobre a Organização para a Libertação da Palestina (OLP) no país, que deu início à organização de palestinos e seus descendentes no Brasil.

A reunião de material histórico seguirá até o próximo congresso da FEPAL, no ano que vem. Ao mesmo tempo que a entidade arrecada este material histórico, uma comissão será brevemente constituída e oficializada para lidar com ele, especialmente para sua organização, digitalização e arquivamento, com metodologia que permitirá fácil acesso a todos que queiram tomar contato com o material.

Notícias em destaque

24/06/2024

DA REPATRIAÇÃO ILEGAL DA FAMÍLIA PALESTINO-MALAIA À CONSTRUÇÃO DO TOTALITARISMO NO BRASIL

Sobre a repatriação, ontem, por ordem judicial, do cidadão palestino Muslim [...]

LER MATÉRIA
27/05/2024

Repórteres Sem Fronteiras apresenta terceira queixa ao TPI sobre crimes de guerra israelenses contra jornalistas em Gaza

Apresentada em 24 de Maio, três dias antes do nono aniversário da Resolução [...]

LER MATÉRIA
26/05/2024

A humanidade precisa parar “israel” como parou o nazismo: pelas armas

Os horrores testemunhados pela humanidade hoje, em Rafah, extremidade sul [...]

LER MATÉRIA
15/05/2024

Ato na Assembleia Legislativa de SP relembra 76 anos da Nakba denuncia genocídio na Palestina

Na segunda-feira à noite, mais de duzentas pessoas, dezenas delas [...]

LER MATÉRIA
11/04/2024

Caiado e Tarcísio em Israel: uma viagem muito estranha e sem respostas.

Uma viagem estranha, que teve por objetivo inicial prestar apoio e [...]

LER MATÉRIA
05/04/2024

Prefeitura de São Leopoldo reinaugura Praça Palestina.

Nesta terça-feira, 2 de abril, realizou-se a cerimônia de entrega da obra [...]

LER MATÉRIA